Notícias - Detalhe
Literacia em casa potencia sucesso a longo prazoLiteracia em casa potencia sucesso a longo prazo

Quantas e quantas vezes, a leitura e a escrita são entendidas pelos mais novos como tarefas aborrecidas, a ‘despachar’ o mais depressa possível quando é hora de fazerem os trabalhos pedidos pelos professores? Se é o caso das suas crianças, saiba que a literacia ‘caseira’ – ou seja os textos que se leem ou escrevem apenas por prazer e não por obrigação – é uma ferramenta poderosa que não só aumenta as competências académicas como reforça as capacidades de liderança e de sucesso ao longo da vida.

“As pessoas que gostam de ler e de escrever são habitualmente bons alunos e, anos mais tarde, bons empregados e empreendedores, já que estão habituados a passar o tempo numa tarefa e desempenhá-la na melhor medida das suas capacidades”. A garantia é dada por Nicole Alston-Abel, catedrática norte-americana de Psicologia e autora de um estudo sobre a matéria, realizado sob a alçada do Departamento Federal de Educação Pública.

“Quando se tornam competentes na leitura e na escrita, a partir do terceiro ano de escolaridade, as crianças que gostam de o fazer nos tempos livres entram em ‘piloto automático’”, o que potencia a capacidade de aquisição e aplicação de novos conhecimentos, acrescenta a mesma especialista, que desenvolve o seu trabalho na Universidade de Washington.

Para além disso, os hábitos de leitura e escrita ensinam “a ter perseverança nas tarefas, por exemplo, a ler um livro até ao fim para saber o final da história”, a fazer uma boa gestão do tempo, a controlar impulsos e também a “priorizar uma temática em relação às demais”, caraterísticas que são bastante importantes no sucesso académico, profissional e de gestão de equipas.